Skip to content

V de Vingança (V for Vendetta)

22 / julho / 2010

Poético e envolvente, o filme conta com boas cenas de ação e diálogos que contam o andamento do plano do enigmático personagem V pelo fim do autoritarismo de um Partido que a tudo e todos tem controle.

Avaliação: muito bom

Marcando a estreia do australiano James McTeigue na direção, após ter auxiliado o trabalho dos irmãos Wachowski (trilogia Matrix), agora produtores e roteiristas, V de Vingança (V for Vendetta, Alemanha/EUA, 2005) é a adaptação para os cinemas da HQ dos renomados autores Alan Moore e David Lloyd.

Lembrando muito o clássico 1984, de George Orwell, o filme constrói um Reino Unido tomado por um Partido autoritário, cujo poder tem como consequência um controle intenso sobre a população. No entanto, um misterioso – e sobretudo poético – personagem mascarado, conhecido por V (Hugo Weaving), confronta o partido e transmite uma mensagem a toda a nação: dentro de um ano, a situação vai mudar, quando o mesmo planeja destruir o edifício do Parlamento Britânica.

O mascarado V (Hugo Weaving)

Quando a funcionária de um meio de comunicação Evey Hammond (Natalie Portman), salva por V em um dado momento, resolve ajudá-lo, torna-se um meio termo entre cúmplice e refém. Dessa forma, os membros do Partido, liderados por Adam Sutler (John Hurt), o Chanceler, tentam capturá-la como forma de obter informações do mascarado. No entanto, V, motivado por uma vingança de um passado sofrido por conta do Partido, esconde muitos segredos e pretende levar seu plano até o final.

Embora de temática forte e bastante política, V de Vingança possui uma leveza beirando à ingenuidade. O enigmático protagonista, que possui um gosto pela erudição e é incrivelmente habilidoso no combate, encanta o espectador pela sua desafiadora mensagem de esperança. Em 1984, o protagonista também arma contra o Partido, mas é incomparavelmente menos imponente.

Evey Hammond (Natalie Portman) como um misto de cúmplice e aprendiz

Desse modo, mesclando falas otimistas, poéticas e ao mesmo tempo contundentes, V investe no seu objetivo e parece ter tudo muito bem planejado. Paralelamente, Evey, apesar de contribuir um pouco, torna-se uma grande aprendiz – mesmo a contragosto – dos valores pregados por V. Há relação desses valores com a anarquia. Não por acaso, o símbolo adotado por V é desta letra envolta por um círculo, na cor vermelha. De cabeça para baixo, é o ícone anarquista.

A cena em que Evey é levada a uma prisão e tem contato com bilhetes escritos por uma moça que foi detida por ser homossexual, é uma das mais bonitas do filme e ilustra bem a luta que se prega pela justiça, liberdade individual e igualdade de direitos. Nessas esferas, o filme expande seu significado.

O Chanceler (John Hurt): semelhanças com 1984, de Orwell?

O lado culto que o filme evoca é uma constante. V, por exemplo, executa demolições de prédios imaginando-se como regente de uma orquestra (detalhe: nas suas bombas, há vários fogos de artifício, que dão um ar de festa). Outro personagem, companheiro de Evey, cozinha ao som de bossa nova.

Uma boa produção, que conta com ótimas cenas de ação, misturada com um roteiro interessante que traz uma história envolvente, uma vez que V corre atrás dos “cobrões” do Partido, além de toda a poesia, resultam no sucesso do filme. De V de Vingança podemos concluir que os governos autoritários podem até obter controle político e ideológico, mas nunca vão calar as ideias e a voz dos dissidentes.

Direção: James McTeigue
País: Alemanha/EUA
Ano: 2005

Elenco: Natalie Portman, Hugo Weaving, Sinéad Cusack, Nicolas de Pruyssenaere, Stephen Fry, Selina Giles, Rupert Graves, Keith How, John Hurt, Tim Pigott-Smith, Stephen Rea
Produção: Grant Hill, Joel Silver, Andy Wachowski, Larry Wachowski
Roteiro: Andy Wachowski, Larry Wachowski, baseado nos quadrinhos de David Lloyd e Alan Moore
Fotografia: Adrian Biddle
Trilha Sonora: Dario Marianelli

Anúncios
6 Comentários
  1. Marcos permalink

    Filme fantastico.
    eu aplaudi depois de assistir

  2. Fabiana permalink

    Filme maravilhoso!!

  3. DAVI permalink

    hj eu vi um cara de carro com essa mascara e pedi carrona

  4. MOURA permalink

    PRA ESSE EU TIREI A MASCARA, MUITO BEM ELABORADO(“PAI’DEGUA”).

  5. gabriel permalink

    alguem sabe o nome ou link da musica q toca na explosao da torre?

Trackbacks & Pingbacks

  1. Eleitores. « Mente Rude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: