Skip to content

O Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream)

10 / abril / 2010

Com bons momentos e uma tensão crescente que consegue empolgar, o filme parte de uma ótima ideia original e a desenvolve bem. O final, entretanto, frustra nossas expectativas e tira muito da emoção que podia haver.

Avaliação: bom

Terceiro filme do famoso Woody Allen rodado em Londres, O Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream, França/EUA/Inglaterra, 2007) é um suspense dramático que envolve questionamentos recorrentes na cinematografia do diretor: o crime, a punição e o sentimento de culpa (referência à obra de Dostoiévisky).

Terry (Colin Farrell) e Ian (Ewan McGregor) na compra do barco

Dois irmãos, Ian (Ewan McGregor) e Terry (Colin Farrell) são bem diferentes mas muito unidos pelos laços familiares. O mais velho, Ian, trabalha a contragosto no restaurante da família e o outro, Terry, trabalha numa oficina de automóveis caros. O que eles tem em comum: a falta de dinheiro. Ambos fazem umas economias e, adquirindo umas dívidas, compram um barco o qual nomeiam de O Sonho de Cassandra. Terry, viciando em jogos de apostas, está numa maré de sorte e ganha dinheiro facilmente.

Passando-se por rico, Ian começa a se envolver com uma elegante atriz (Hayley Atwell), enquanto Terry mantém um relacionamento estável com sua namorada (Sally Hawkins). O problema é que Terry acaba perdendo todo o dinheiro que ganhou e se endivida ainda mais. Apelando para o rico tio Howard (Tom Wilkinson), que já ajudou a família em outras marés, o ricaço aceita ajudá-los. No entanto, ele também pede um favor que os irmãos não podem negar. E isso vai envolvê-los em muitos problemas.

Reunião entre os dois irmãos e o tio Howard (Tom Wilkinson)

Partindo de uma ideia original promissora, não há dúvidas de que O Sonho de Cassandra conta muito bem a história que propõe contar. Inclusive, há uma sensibilidade notável em certos momentos, como a insegurança do sempre imponente tio ao pedir ajuda para os sobrinhos.

É óbvio pensar que o curioso nome do barco não foi dado de graça. Na realidade, faz menção ao mito grego de Cassandra, uma mulher que tem o dom de prever o futuro, mas é castigada porque ninguém acredita nas suas previsões. Como isso se relaciona com o filme? Não é uma relação que Woody Allen explicita, mas podemos sugerir que ilustra a incapacidade do homem em conduzir o seu próprio destino.

Momento de conversa tensa entre os irmãos

Quer dizer, por mais que o futuro parecesse certo (a despeito dos problemas financeiros, que poderiam ser facilmente solucionados pela figura do tio), novos obstáculos vão surgindo e o conduzem para uma direção completamente fora do propósito e, por vezes, contrária.

O mais forte do elenco é Tom Wilkinson, que interpreta o tio rico. Aliás, seu personagem está numa posição interessante: ao mesmo tempo em que é a cabeça de todos os problemas que surgem, é o que está mais distante de todos eles, caindo a responsabilidade sobre seus sobrinhos. Ewan McGregor não está muito confortável no papel, enquanto que Colin Farrell está ótimo.

Cartaz do filme

O aspecto da culpa vai crescendo ao longo da fita, o que vai aumentando a tensão e os conflitos. As últimas reviravoltas, por exemplo, são bastante empolgantes. No entanto, algo ali não dá liga, levando o filme a um final sem graça e sensacionalista.

No balanço final, é um filme recomendável, mas eu, particularmente, não consigo me referir a ele com tanta emoção, porque o calor da história foi bastante frustrado. Às vezes, o final de um filme faz toda a diferença, especialmente quanto se trata de suspenses. Nesse caso, fez total diferença.

Direção: Woody Allen
País: França/EUA/Inglaterra
Ano: 2007

Elenco: Ewan McGregor, Colin Farrell, John Benfield, Clare Higgins, Ashley Madekwe, Sally Hawkins, Hayley Atwell
Produção: Letty Aronson, Stephen Tenenbaum e Gareth Wiley
Roteiro: Woody Allen
Fotografia: Vilmos Zsigmond
Trilha Sonora: Philip Glass

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: